litur

todastoptercas



“Se estamos unidos, a fé se torna forte” diz Papa Francisco

Postado por em em Notícias
  • Tamanho da fonte: Maior Menor
  • Acessos: 2160
  • 0 Comentários
  • Increver-se para receber atualizações
  • Imprimir

123“Comunhão dos santos” foi o tema proposto pelo Papa Francisco para a Catequese desta quarta-feira (30) na Praça de São Pedro, no Vaticano. Citando o parágrafo 948 do Catecismo da Igreja Católica, o Pontífice explicou que no que se refere ao assunto, existem duas realidades: “a comunhão das coisas santas” e a “comunhão entre as pessoas santas”, e direcionou seu ensino no segundo significado.

 

Segundo Francisco, a Igreja é comunhão de amor com a Santíssima Trindade que se estende na comunhão fraterna. “Esta relação entre Jesus e o Pai é a “matriz” do vínculo entre nós cristãos: se estamos intimamente inseridos nesta “matriz”, nesta fornalha ardente de amor que é a Trindade, então podemos nos tornar verdadeiramente um só coração e uma só alma entre nós”, afirmou.

 

Partindo deste enraizamento no amor de Deus, o segundo aspecto a ser refletido é a necessidade que temos um do outro no caminho da santidade. Para o Santo Padre, “a nossa fé precisa do apoio dos outros, especialmente nos momentos difíceis. Se nós estamos unidos, a fé se torna forte. Quanto é belo apoiar-nos uns aos outros na aventura maravilhosa da fé! Digo isto porque a tendência a se fechar no privado influenciou também o âmbito religioso, de forma que muitas vezes é difícil pedir a ajuda espiritual dos que partilham conosco a experiência cristã”.

 

“Esta união entre nós vai além e continua na outra vida”, disse o Pontífice destacando o último ponto a ser tratado na Catequese, a eternidade desta comunhão fraterna.

 

“Há um vínculo profundo e indissolúvel entre tantos que são ainda peregrinos neste mundo, estejam entre nós e até aqueles que atravessaram o limiar da morte para entrar na eternidade. (...) Esta comunhão entre terra e céu se realiza especialmente na oração de intercessão”, disse.

 

“Temos esta beleza”, exclamou o Santo Padre, ao se referir à beleza de ter irmãos que nos acompanha no caminho da vida e que nos encontrará novamente no céu. E encerrou convidando os cristãos:

 

“Sigamos por este caminho com confiança, com alegria. Um cristão deve ser alegre, com a alegria de ter tantos irmãos batizados que caminham com ele; apoiado pela ajuda dos irmãos e das irmãs que fazem esta estrada para ir para o céu; e também com a ajuda dos irmãos e das irmãs que estão no céu e rezam a Jesus por nós. Avante por este caminho com alegria!”

 

Ao final da audiência geral, Papa Francisco fez um apelo à oração pela a paz no Iraque: “Convido-vos a rezar pela querida nação iraquiana infelizmente marcada cotidianamente por trágicos episódios de violência, para que encontre o caminho da reconciliação, da paz, da unidade e da estabilidade”.

 

A catequese na íntegra está disponível no site do Vaticano, no idioma italiano.

 

 

 

Fonte: RCCBRASIL

0

Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Visitante Sábado, 04 Julho 2020