litur

todastoptercas



A Misericórdia prenuncia Pentecostes

Postado por em em Formação
  • Tamanho da fonte: Maior Menor
  • Acessos: 498
  • 0 Comentários
  • Increver-se para receber atualizações
  • Imprimir

untitledNo próximo dia 20, encerraremos o Ano da Misericórdia. Iniciado no dia 08 de dezembro de 2015 e proclamado pelo Papa Francisco, esse ano jubilar foi essencial para que a Igreja pudesse mergulhar na experiência do amor misericordioso de Deus.

Certamente nossos Grupos de Oração puderam meditar e praticar as obras de misericórdia ensinadas pela Igreja: dar de comer e beber a quem tem fome e sede; vestir os nus; acolher os peregrinos; visitar enfermos e encarcerados; orar pelos vivos e mortos; ensinar os que não sabem e corrigem os que erram; dar bons conselhos; consolar os que sofrem; suportar com paciência as fraquezas dos outros e perdoar as ofensas.

E o que dizer a respeito da companhia da Virgem Maria, Mãe da Misericórdia, ao longo de todo esse ano? A proteção materna de Nossa Senhora foi eficaz em todos as nossas reuniões de oração, reuniões de núcleo e de perseverança. Aquela que soube olhar as necessidades dos noivos em Caná (cf. Jo 2) nos ensinou, também, a ir ao encontro daqueles que mais precisam.

Também pudemos realizar a maravilhosa experiência de obter a indulgência plenária ao peregrinar a uma igreja com uma porta santa. Ao passarmos pelas portas da misericórdia, professamos nossa fé na bondade e na paciência de Deus, obtendo grandes favores divinos para nós ou para nossos entes falecidos.

No último domingo, 13, as portas da misericórdia foram encerradas em todo o mundo. A última a ser fechada, no dia 20, será a da Basílica de São Pedro, pelo próprio Papa Francisco. As portas foram fechadas, mas o Ano Santo ainda não acabou. Nossos Grupos de Oração e cada servo da RCC têm alguns dias para experimentar a torrente de graças proporcionadas pela misericórdia de Deus, especialmente nos sacramentos da Eucaristia e da Reconciliação.

Os frutos de um ano como esse serão saboreados ainda por muito tempo. A Misericórdia prenuncia o Pentecostes. O sangue e a água que jorraram do Coração de Jesus como fonte de misericórdia para nós alargaram as fronteiras da Igreja para receber uma efusão de paz, coragem e misericórdia na manhã da ressurreição (cf. Jo 20)!

Preparados pela Misericórdia Divina, nossos Grupos de Oração poderão celebrar com alegria uma nova efusão do Espírito Santo em um novo ano jubilar: os 50 anos da Renovação Carismática Católica no mundo, em 2017! Vem, Espírito Santo!

 

Padre João Paulo Veloso

Coordenador Nacional do Ministério Cristo Sacerdote

Grupo de Oração Imaculado Coração de Maria

Fonte: RCC Brasil.

0

Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

Visitante Sexta, 15 Dezembro 2017